O professor ecológico no contexto da instituição escolar.

Maria José Etelvina dos Santos

Resumo


RESUMO: Esta pesquisa objetiva investigar a compreensão que os professores possuem sobre as medidas socioeducativas que a escola adota ou elege para disciplinar ou educar os estudantes que são considerados “indisciplinados e agressivos” no intuito de possibilitar uma reflexão do fazer pedagógico e da postura do professor frente ao comportamento considerado “indisciplinado” e “agressivo” do estudante e propor a partir dos dados colhidos nesta pesquisa medidas socioeducativas baseadas no modelo ecológico de desenvolvimento humano de Urie Bronfenbrenner. Pretende-se também instrumentalizar o professor para lidar com os comportamentos de seus educandos considerados “agressivos e indisciplinados”, gerando muitas vezes evasão, exclusão e dificuldades de aprendizagem, questões tão presentes no contexto escolar. O intuito é integrar teoria com a prática, envolvendo desde aspectos relacionados ao cotidiano da instituição escolar e da história de vida dos educandos, até a influência cultural e social dos sistemas ecológicos. Pretende-se mostrar com esta pesquisa que a integração destes aspectos podem levar a uma melhoria da qualidade do trabalho dos profissionais de ensino e da vida dos educandos em contexto escolar.

Palavras-chave


Medidas socioeducativas; Indisciplina; Agressão; Sistemas ecológicos.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/2317-1219rf.v14i15.2957

Revista entreideias: educação, cultura e sociedade, desde 2012. ISSN: 2317-1219 (online)
www.entreideias.ufba.br
Antiga Revista da FACED, desde 1994