A Família como parceira no desenvolvimento cognitivo da criança surda na perspectiva da educação bilingue

Omar Babosa Azevedo

Resumo


A temática da educação na condição de surdez necessita ocupar um espaço ainda maior entre as preocupações da universidade. A condição de surdez vem, cada vez mais, recebendo uma abordagem que tende a tratar suas questões como problemas do âmbito das relações culturais e da linguística. No presente artigo, procuro evidenciar a importância da língua de sinais no processo de desenvolvimento cognitivo e afetivo da criança surda, mostrando as razões pelas quais a família precisa atuar como parceira da escola na perspectiva da educação bilingue.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/2317-1219rf.v5i4.2945

Revista entreideias: educação, cultura e sociedade, desde 2012. ISSN: 2317-1219 (online)
www.entreideias.ufba.br
Antiga Revista da FACED, desde 1994