Inserção da análise do comportamento na educação: o estado do conhecimento de teses e dissertações produzidas entre 2010 e 2015

Fernando Nóbrega, Paulo Gurgel

Resumo


No contexto educacional formal, a Análise do Comportamento estuda as relações que ocorrem entre sujeitos dentro das salas de aula. Prática pedagógica, ou ensinar, é definida como planejar situações que favoreçam a aprendizagem dos alunos. O presente trabalho é uma pesquisa bibliográfica do tipo estado do conhecimento. O objetivo é verificar em teses e dissertações produzidas entre 2010 e 2015 como conceitos da Análise do Comportamento foram aplicados em contextos educacionais A coleta de dados foi feita no Portal Brasileiro de Publicações Científicas em Acesso Aberto, a partir das seguintes palavras-chaves: I) Análise do Comportamento; II) Behaviorismo Radical; III) B. F. Skinner; IV) Educação Infantil; V) Ensino Fundamental; VI) Ensino Médio; VII) Ensino Superior; VIII) Educação de Jovens e Adultos; IX) Educação Profissional e Tecnológica; X) Educação Indígena; XI) Educação Especial; XII) Educação do Campo; e XIII) Educação Ambiental. As palavras-chaves foram divididas em dois grupos: a) Análise do Comportamento (I, II e III) e b) níveis e modalidades de ensino (de IV a XIII). Cada item do primeiro grupo foi combinado com cada item do segundo grupo. As buscas encontraram 35 trabalhos (15 teses e 20 dissertações), dos quais 77,14% são oriundos da região Sudeste. PUC-SP e UFSCar produziram 51,43% dos trabalhos selecionados. Em relação às práticas pedagógicas, o conceito mais frequente foi matching to sample, que apareceu em 18 destes. Em relação aos níveis de ensino, o ensino fundamental obteve a maior concentração de trabalhos: 34,29%. Sobre as modalidades de ensino, somente a Educação Especial foi citada.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/re.v7i2.23270

Revista entreideias: educação, cultura e sociedade, desde 2012. ISSN: 2317-1219 (online)
www.entreideias.ufba.br
Antiga Revista da FACED, desde 1994