A contribuição do rádio para educação e inclusão de pessoas com deficiência visual

Rosane da Silva Nunes, Erlane Cristhynne Felipe dos Santos

Resumo


A formação do indivíduo envolve práticas de sociabilidade para as quais plataformas de comunicação são um campo relevante na contemporaneidade. Em se tratando de pessoas com deficiência visual, o rádio se destaca como um meio eficaz de socioeducação. Esse trabalho aborda o uso do rádio por locutores com deficiência visual. Para tanto, segue procedimentos metodológicos de natureza qualitativa, amparados nos instrumentos da pesquisa bibliográfica e entrevistas semi-estruturadas com locutores de rádio nos estados do Ceará e da Bahia, de forma a compreender a influência da prática radiofônica na relação do deficiente visual com o mundo. O estudo aponta que o rádio constitui um meio de educação informal, na medida em que contribui para a formação cidadã de deficientes visuais que saem da posição de receptores e passam a emitir mensagens, passando a obterem mais inclusão na sociedade. Percebeu-se também que o rádio foi um canal para o ingresso dos entrevistados na atuação em espaços de defesa dos direitos da pessoa com deficiência visual.

Palavras-chave


educação informal;comunicação;inclusão

Texto completo:

PDF

Referências


ANDI - Agência Nacional pelos Direitos da Infância. Mídia e Direitos Humanos. Brasília: ANDI, Secretaria Especial dos Direitos Humanos, Unesco, 2006. 372 p

BACCEGA, Maria Aparecida. Televisão e escola: aproximações e distanciamentos. In: XXV Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – Salvador, Bahia – 1 a 5 set 2002. p 1-22.

BALTAR, Marcos. Rádio escolar: uma experiência de letramento midiático. São Paulo, Cortez, 2012. 163 p

BRASSI, Karla Bertacini. O papel do professor comum diante da cegueira. 2007. 52 f. Monografia (Especialização) - Curso de Pedagogia, Centro de Educação e Ciências Humanas, Universidade Federal de São Carlos, SÃo Carlos, 2007. Cap. 1, p. 11 -15. Disponível em: . Acesso em: 09 jun. 2016.

CALDAS, Graça. Mídia, escola e leitura crítica do mundo. Revista Educação e Sociedade. 2006, vol. 27, n. 94, p. 117-130.

CANDAU, Vera Maria. Direitos humanos, educação e interculturalidade: as tensões entre igualdade e diferença. Revista Brasileira da Educação [online]. 2008, vol.13, n.37, p. 45-56.

CANDAU, Vera Maria (coord.). Somos todos iguais? Escola, discriminação e educação em direitos humanos. Rio de Janeiro: Lamparina. 2012. p. 71-80.

CARVALHO, Maria Araújo Duarte et al. Escolas Radiofônicas de Natal: uma história construída por muitos. Brasília: Liber Livro Editora, 2009. 154 p

FERNANDES, Prof. Carlos (Comp.). Só Biografias. 2002. Disponível em: . Acesso em: 16 jun. 2016.n.p.

FREIRE, Paulo. Educação como prática da liberdade. Rio de Janeiro: Editora Paz e Terra, 1967. 157 p

______, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São

Paulo: Paz e Terra, 1996. 148 p.

______, Paulo. Pedagogia da esperança: um reencontro com a pedagogia do oprimido. São Paulo: Paz e Terra,1997. 245 p

____________. Extensão ou comunicação? São Paulo: Paz e Terra, 1992. 131 p

GODOY, Elisangela Ribas. RÁDIO: O INFORMANTE DOS QUE NÃO ENXERGAM. 2002. 107 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Engenharia de Produção, Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção da Universidade de Santa Catarina, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2002. Cap. 1. P.11-21. Disponívelem. Acesso em: 21 maio 2016.

______, Elisâgela Ribas. Rádio: um companheiro do cego. In:XXVI Congresso de Ciências da Comunicação, Belo Horizonte-MG, 2 a 6 set 2003. NP

MARTIN-BARBERO, Jesus. A comunicação na educação. São Paulo: Contexto, 2014. 155 p

MELO, F. R. L. V. Interações com pessoas com deficiência : algumas orientações básicas. Natal, RN: Comissão Permanente de Apoio a Estudantes com Necessidades Educacionais Especiais, 2010.p. 1-9.

KAPLUN, Mario. Processos educativos e canais de comunicação. 1999. Revista Comunicação e Educação, p. 68-75.

KASEKER, Monica Panis. Modos de ouvir: a escuta radiofônica ao longo de três gerações. Curitiba: Champagnat, 2012. 299 p

SANTOS, M. P. Perspectiva histórica do movimento integracionista na Europa. Revista Brasileira de Educação Especial, (3). Piracicaba: UNIMEP, 1995. p. 21-29

SILVA, Júlia Lúcia de Oliveira Albano da. Rádio: oralidade mediatizada. São Paulo: Annablume, 1999. 116 p

SOARES, Raquel Paiva Araújo. A mídia como educadora coletiva: cidadania ou apatia? In: Educomídia, alavanda da cidadania. MELO, José Marques et al. São Bernardo do Campo: Cátedra Unesco: Universidade Metodista de São Paulo, 2006. p. 105-131




DOI: http://dx.doi.org/10.9771/re.v6i2.18400

Revista entreideias: educação, cultura e sociedade, desde 2012. ISSN: 2317-1219 (online)
www.entreideias.ufba.br
Antiga Revista da FACED, desde 1994