Trabalhando com o hipertexto - caminhos de leitura da obra de Ricoeur

Rosa Maria Filippozzi Martini, Elaine Conte, Patrícia Prochnow

Resumo


O presente trabalho relata uma experiência com estudantes do Mestrado em Educação de uma Instituição de caráter Comunitário, situada em Canoas. O problema se configurava no contexto de como despertar o interesse para o conhecimento filosófico de mestrandos (as), pertencentes à Linha de pesquisa Culturas, Linguagens e Tecnologias na Educação, sem formação em Filosofia, a articularem seus interesses de pesquisa com o pensamento de Paul Ricoeur, filósofo francês do século XX. O trabalho deste filósofo pode ser considerado hipertextual devido aos muitos problemas que ele abordou e pelo fato de ser possível entender a essência de seu pensamento a partir de qualquer obra que se estudasse. Uma das estudantes da área de tecnologia da informação auxiliou-nos a construir um site interativo que se propunha a ser hipertextual, integrando muitos recursos e possibilidades de leituras postados no mesmo. Os resultados foram positivos visto que todos os estudantes postaram suas contribuições e alguns se dispuseram a escrever artigos sobre os assuntos postados.

Palavras-chave


hipertexto; comunicação; hibridismo; aprendizagem.

Texto completo:

PDF

Referências


AGAMBEN, Giorgio. A potência do pensamento. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2015.

GODINHO, Ana Gil. Da comunicabilidade do juízo estético. Educação Temática Digital, v. 17, n. 2, 2015.

JOHNSON, Steven. Cultura da Interface. Como o computador transforma nossa maneira de criar e comunicar. Trad. Maria Luiza X. de A. Borges. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1997.

MAFESOLI, Michel. O conhecimento comum. Introdução à sociologia compreensiva. Porto Alegre: Sulina, 2010.

MANOVICH, Lev. El lenguage de los nuevos medios de comunicación: la imagen en la era digital. Argentina: Paidos, 2006.

MARTINI, Rosa Maria F.. Hipertexto Ricoeur. Disponível em: . Acesso em: 10 ago. 2016.

PARENTE, André. O virtual e o Hipertextual. Rio de Janeiro: Pazulin, 1999.

PÊCHEUX, Michel. Lecture et mémoire: projet de recherche. In: MALDINIER, Denise (org.). L’inquietude du discours – texres de MicPhel Pêcheux. Paris: Éditions des Cendres, 1990.

PRETTO, Nelson de Luca. Escritos sobre Educação, Comunicação e Cultura. São Paulo: Papirus, 2008.

RICOEUR, Paul. Temps et Récit. Tome 1. Paris: Éditions du Seuil, 1983.

SANTAELLA, Lucia. A ecologia pluralista da comunicação. São Paulo: Paulus, 2010.

SLOTERDIJK, Peter Sin salvación. Tras las huellas de Heidegger. Madrid: Ediciones Akal, 2011.




DOI: http://dx.doi.org/10.9771/re.v6i1.17424

Revista entreideias: educação, cultura e sociedade, desde 2012. ISSN: 2317-1219 (online)
www.entreideias.ufba.br
Antiga Revista da FACED, desde 1994