A Acumulação Flexível: para além da pujança econômica

Roney Gusmão Carmo, Ana Elizabeth santos Alves

Resumo


Resumo: A superfície da acumulação flexível mostra-se harmônica, imponente e disposta a permitir que todos usufruam do expansionismo capitalista, entretanto, é quando ultrapassamos a aparência do fenômeno que essa assertiva se mostra falsa. O “novo” capitalismo flexível, em seu alargamento predatório, tem incrementado as formas de sobrevivência na arena de disputa por mercados e repercutido gravemente nas relações comerciais traçadas nos mais remotos espaços do globo. É analisando os efeitos desses “novos” paradigmas da acumulação que esse texto pretende entender a realidade capitalista do século XXI em todo seu poder de penetração na subjetividade de pessoas comuns em seu espaço de vida cotidiana.

Palavras-chave


acumulação flexível, capitalismo, crescimento econômico, comércio, desigualdade.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/2317-1219rf.v4i2.11986

Revista entreideias: educação, cultura e sociedade, desde 2012. ISSN: 2317-1219 (online)
www.entreideias.ufba.br
Antiga Revista da FACED, desde 1994