INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO DE QUALIDADE DE VIDA EM PESSOAS COM DISTÚRBIOS OSTEOMUSCULARES RELACIONADOS AO TRABALHO

Zelma Miriam Barbosa Guimarães, Euclides José Mendonça Filho, Igor Gomes Menezes, Ana Cristina Passos Gomes

Resumo


O objetivo deste estudo foi realizar um levantamento dos instrumentos utilizados na população brasileira para avaliação da qualidade de vida de pessoas com distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho. Trata-se de uma revisão integrativa e o material utilizado constitui-se de um indexador online nacional e um internacional. Foram incluídos estudos referentes ao período entre 1999-2012, no total de 299 artigos e resumos publicados, encontrando-se 14 publicações que atenderam aos objetivos do estudo. Os instrumentos utilizados para mensurar a qualidade de vida de pessoas com distúrbios osteomusculares são escalas que podem ser genéricas e específicas. Tais instrumentos foram traduzidos, adaptados culturalmente e verificadas as propriedades psicométricas que os tornam válidos no contexto brasileiro. Tendo por base os instrumentos investigados, constatou-se a necessidade de um instrumento específico para avaliar qualidade de vida para portadores de DORT, mas que considere uma investigação de diferentes dimensões, tais como psicológica, física, profissional e social.


Palavras-chave


Qualidade de vida. Questionários. Tradução. Validade dos testes.Transtornos Traumáticos Cumulativos.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18471/rbe.v26i3.6892

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

ISSN 2178-8650 (eletrônico)

ISSN 0102-5430 (impresso)  

Licença Creative Commons
A Revista Baiana de Enfermagem utiliza a Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

A Revista Baiana de Enfermagem é membro da Associação Brasileira de Editores Científicos.

http://www.revenf.bvs.br/scielo.php?lng=pt