A ENFERMAGEM AVALIANDO A ACUIDADE VISUAL DE ESTUDANTES DO ENSINO FUNDAMENTAL

Flávia Andrade Fialho, Iêda Maria Ávila Vargas Dias, Marli Salvador, Zuleyce Maria Lessa Pacheco, Lilian Nascimento

Resumo


A visão é responsável pela maior parte das informações captadas do meio ambiente circundante, sendo fundamental para o pleno desenvolvimento pessoal. Neste sentido, a visão desempenha papel importante no desenvolvimento da criança como um todo, contribuindo para a socialização e para o processo de aprendizagem. O presente estudo teve como objetivos: detectar precocemente o déficit da acuidade visual de escolares e discutir a importância do lúdico na educação em saúde. Utilizou-se a metodologia quanti-qualitativa, sendo tal escolha justificada pelo fato desta abordagem reunir os instrumentais necessários a esta investigação, já que os dados coletados eram de natureza objetiva e subjetiva. Ao findar o estudo evidenciou-se um expressivo número de crianças com alteração visual que não haviam sido detectadas pela família ou escola. Essas anormalidades foram detectadas pelos docentes e discentes de enfermagem durante a aplicação do exame, que permitiu o encaminhamento dessas crianças ao oftalmologista o mais precocemente possível, para que estas realizassem um exame mais detalhado. Acreditamos que a abordagem preventiva tanto para o não aparecimento de distúrbios de visão quanto para a não evolução de problemas já existentes é uma forma de potencializar o aproveitamento escolar e promover um desenvolvimento satisfatório das crianças. E que a utilização do lúdico foi fundamental no planejamento e implementação deste processo, pois ao mesmo tempo que propicia o maior desenvolvimento da criança, já que a brincadeira é uma linguagem universal, permite ao proponente expressar seus sentimentos e aflorar sua criatividade, o que repercute em uma maior desenvoltura no cuidado da criança.


Palavras-chave


Enfermagem; Acuidade visual; Promoção da saúde

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18471/rbe.v25i1.4807

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

ISSN 2178-8650 (eletrônico)

ISSN 0102-5430 (impresso)  

Licença Creative Commons
A Revista Baiana de Enfermagem utiliza a Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

A Revista Baiana de Enfermagem é membro da Associação Brasileira de Editores Científicos.

http://www.revenf.bvs.br/scielo.php?lng=pt