ATIVIDADES DE ENFERMAGEM QUE CONTRIBUEM PARA A QUALIDADE DOS CUIDADOS: ANÁLISE FATORIAL CONFIRMATÓRIA DA ESCALA

Olga Maria Pimenta Lopes Ribeiro, Maria Manuela Ferreira Pereira da Silva Martins, Daisy Maria Rizatto Tronchin, Paulo João Figueiredo Cabral Teles, Letícia de Lima Trindade, João Miguel Almeida Ventura Silva

Resumo


Objetivo: analisar a estrutura fatorial da Escala de Percepção das Atividades de Enfermagem que Contribuem para a Qualidade dos Cuidados. Método: estudo metodológico com participação de 3.451 enfermeiros de 36 hospitais portugueses. Além da realização da análise fatorial confirmatória, para avaliação da confiabilidade do modelo fatorial obtido, utilizou-se o alfa de Cronbach e a confiabilidade compósita. Resultados: os pesos fatoriais da solução encontrada foram majoritariamente elevados; os valores dos índices de ajustamento do modelo foram razoáveis; o alfa de Cronbach foi elevado para a totalidade da escala e para cinco dimensões, sendo aceitável em apenas uma dimensão. A confiabilidade compósita também foi elevada em cinco dimensões, excepto em uma, considerada como aceitável. Todas as atividades apresentaram uma confiabilidade individual elevada. Conclusão: em comparação com a escala original, o modelo fatorial identificado contempla seis dimensões e não sete, produzindo uma escala confiável e válida, passível de aplicação no contexto hospitalar.

Descritores: Estudos de Validação. Análise Fatorial. Psicometria. Garantia da Qualidade dos Cuidados de Saúde.
Cuidados de Enfermagem.


Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.18471/rbe.v34.36432

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

ISSN 2178-8650 (eletrônico)

ISSN 0102-5430 (impresso)  

Licença Creative Commons
A Revista Baiana de Enfermagem utiliza a Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

A Revista Baiana de Enfermagem é membro da Associação Brasileira de Editores Científicos.

http://www.revenf.bvs.br/scielo.php?lng=pt