NEGOCIAÇÃO DE CONFLITOS COMO COMPETÊNCIA DO ENFERMEIRO

Denise Maria Osugui, Silvia Helena Henriques, Eliza Maria Rezende Dázio, Zélia Marilda Rodrigues Resck, Laura Andrian Leal, Roberta Seron Sanches

Resumo


Objetivo: analisar a negociação de conflito enquanto competência profissional do enfermeiro no contexto hospitalar. Método: revisão integrativa da literatura. As ases de dados foram: PubMed, BDENF, CINAHL e LILACS no período de 2015 a 2019. Resultados: foram selecionados 17 artigos publicados. Dentre eles: 12 estudos qualitativos, 4 quantitativos e 1 estudo misto. Foram extraídas duas categorias temáticas: A negociação de conflito como competência do enfermeiro, que traz a gestão do conflito como fonte de sofrimento e a necessidade de interagir com outras competências para a efetiva gestão; e Estratégias negociadoras na resolução de conflitos, que apresenta formas de gerenciar um conflito. Conclusão: os estudos elegidos demonstraram que, no contexto hospitalar, a negociação de conflito, enquanto competência profissional do enfermeiro, é permeada pela insegurança.

Descritores: Conflito. Negociação. Enfermagem. Competência Profissional. Hospitais.


Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.18471/rbe.v34.36035

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

ISSN 2178-8650 (eletrônico)

ISSN 0102-5430 (impresso)  

Licença Creative Commons
A Revista Baiana de Enfermagem utiliza a Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

A Revista Baiana de Enfermagem é membro da Associação Brasileira de Editores Científicos.

http://www.revenf.bvs.br/scielo.php?lng=pt