ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA E A INTEGRALIDADE DO CUIDADO: PERCEPÇÃO DOS PROFISSIONAIS

Aline Pereira de Souza, Katia Rezende, Maria José Marin, Silvia Tonhom

Resumo


Objetivo: analisar a percepção dos profissionais das Equipes de Saúde da Família sobre a integralidade no cotidiano do cuidado. Método: estudo qualitativo realizado em quatro unidades da Estratégia Saúde. A coleta de dados foi realizada por meio de grupo focal com profissionais de diferentes categorias profissionais e contou com questões norteadoras sobre a compreensão de integralidade, como é desenvolvida, as potencialidades e as dificuldades em sua implementação. Os dados foram analisados por meio da análise de conteúdo, modalidade temática. Resultados: foram elaboradas duas temáticas: Integralidade na Atenção Básica revestida de complexidade e Desafios da integralidade devido à desarticulação intersetorial e dos níveis de atenção à saúde. Conclusão: dada a amplitude conceitual da integralidade, os profissionais das Equipes de Saúde da Família compreendem que esta se reveste de grande complexidade e enfrentam desafios importantes em sua implementação.

Descritores: Estratégia Saúde da Família. Sistema Único de Saúde. Integralidade em Saúde

 

Descritores: Estratégia Saúde da Família; Sistema Único de Saúde; Integralidade em Saúde.


Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.18471/rbe.v34.34935

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

ISSN 2178-8650 (eletrônico)

ISSN 0102-5430 (impresso)  

Licença Creative Commons
A Revista Baiana de Enfermagem utiliza a Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

A Revista Baiana de Enfermagem é membro da Associação Brasileira de Editores Científicos.

http://www.revenf.bvs.br/scielo.php?lng=pt