APLICABILIDADE DA SIMULAÇÃO REALÍSTICA NA GRADUAÇÃO DE ENFERMAGEM: EXPERIÊNCIA EM INCIDENTES COM MÚLTIPLAS VÍTIMAS

Renan Pereira da Silva, Vitória Soares dos Santos, Jennyffer de Souza Moraes, Ítalo Rigoberto Cavalcante Andrade, Rita Neuma Dantas Cavalcante de Abreu, Julyana Gomes Freitas

Resumo


 Objetivo: descrever a aplicabilidade de uma simulação realística de incidentes com múltiplas vítimas no processo de ensino-aprendizagem na enfermagem. Método: estudo descritivo, com abordagem quantitativa que envolveu uma simulação realística. Participaram da simulação 250 pessoas, sendo incluídos no estudo 30 acadêmicos de enfermagem. Para a coleta de dados, aplicou-se um questionário para analisar a experiência acadêmica com simulação e paciente simulado. Resultados: a maioria (80%) dos alunos não vivenciou experiência anterior com simulação e 53,3% concordaram que houve integração entre medicina e enfermagem durante a simulação. Para 66,7% dos graduandos foi possível colocar seu conhecimento em prática, havendo contribuição para melhora do raciocínio clínico e sobre as condutas realizadas. Conclusão: a utilização da simulação realística na graduação de enfermagem é uma estratégia metodológica que contribui para o aprendizado e possibilita aos acadêmicos vivenciarem situações do seu futuro ambiente profissional.

Descritores: Educação em Enfermagem. Treinamento por Simulação. Incidentes com Feridos em Massa. Enfermagem em Emergência. cia.


Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.18471/rbe.v34.34648

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

ISSN 2178-8650 (eletrônico)

ISSN 0102-5430 (impresso)  

Licença Creative Commons
A Revista Baiana de Enfermagem utiliza a Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

A Revista Baiana de Enfermagem é membro da Associação Brasileira de Editores Científicos.

http://www.revenf.bvs.br/scielo.php?lng=pt