AÇÕES DE AUTOCUIDADO NA SAÚDE ESCOLAR: REVISÃO INTEGRATIVA

Marjoriê da Costa Mendieta, Eliana Buss, Natália Rosiely Costa Vargas, Silvana Ceolin, Kamila Dias Gonçalves, Rita Maria Heck

Resumo


Objetivo: analisar publicações científicas para conhecer as ações de autocuidado em saúde realizadas no âmbito escolar. Método: trata-se de estudo tipo revisão integrativa. A busca foi realizada na Literatura Latino-Americana em Ciências da Saúde (LILACS), no Scientific Electronic Library Online (SciELO) e no Public Medline (PubMed). Resultados: totalizaram a amostra da revisão integrativa 25 estudos, todos da base de dados PubMed, que possibilitaram compreender as ações de autocuidado em saúde no âmbito escolar, por meio de três temas principais: ações e programas escolares com foco em doenças, metodologia das ações nas escolas e papel da enfermagem no autocuidado escolar. Conclusão: a análise das publicações demonstrou que a maioria das ações de autocuidado em saúde nas escolas foca em patologias, poucos estudos utilizaram metodologias ativas e levaram em consideração o contexto sociocultural do escolar, o que, por consequência, pode tornar as ações menos efetivas em longo prazo.


Descritores: Serviços de Saúde Escolar. Enfermagem. Autocuidado. Cuidados de Enfermagem. Educação em Saúde. Promoção da Saúde.


Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.18471/rbe.v33.31799

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

ISSN 2178-8650 (eletrônico)

ISSN 0102-5430 (impresso)  

Licença Creative Commons
A Revista Baiana de Enfermagem utiliza a Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

A Revista Baiana de Enfermagem é membro da Associação Brasileira de Editores Científicos.

http://www.revenf.bvs.br/scielo.php?lng=pt