ACOLHIMENTO COM AVALIAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE RISCO: ESTRUTURA E PROCESSO DO ATENDIMENTO

Ana Paula Santos de Jesus, Guiomar Rocha Pimentel Pimenta, Larissa Oliveira de Jesus, Meiry Fernanda Pinto Okuno, Ruth Ester Assayag Batista

Resumo


Objetivo: avaliar a estrutura e o processo do acolhimento com classificação de risco em uma unidade de emergência de acordo com as recomendações do Ministério da Saúde. Método: estudo descritivo e exploratório, realizado em uma unidade de emergência da Bahia. As técnicas de investigação foram a observação sistemática e a entrevista com enfermeiros. Para a análise foram feitas comparações e confrontações das avaliações das dimensões qualitativas de estrutura e processo. Resultados: os recursos disponíveis para o funcionamento da classificação de risco, quanto à estrutura física, recursos materiais e ao fluxo de atendimento contemplavam parcialmente o que é preconizado. Existiam lacunas, como sinalização dos espaços, ausência de alguns materiais na sala da classificação de risco, o não cumprimento do tempo de espera e ausência formal da referência/contrarreferência. Conclusão: a estrutura e o processo do acolhimento com classificação de risco em uma unidade de emergência precisavam de adequação do espaço físico e do suprimento total de recursos para cumprir o que é proposto pelo Ministério da Saúde.

Descritores: Enfermagem. Acolhimento. Triagem. Serviços Médicos de Emergência.


Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.18471/rbe.v33.28195

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

ISSN 2178-8650 (eletrônico)

ISSN 0102-5430 (impresso)  

Licença Creative Commons
A Revista Baiana de Enfermagem utiliza a Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

A Revista Baiana de Enfermagem é membro da Associação Brasileira de Editores Científicos.

http://www.revenf.bvs.br/scielo.php?lng=pt