AUDIÇÃO MUSICAL PARA ALÍVIO DA ANSIEDADE DO ACOMPANHANTE PEDIÁTRICO

Clara Martins de Oliveira, Aline Cristine Candeia de Lira, Raquel de Queiroz Matos, Mariana André Honorato Franzoi

Resumo


Objetivo: investigar os efeitos da audição musical sobre os níveis de ansiedade pós-operatória de acompanhantes de crianças submetidas a cirurgias em comparação ao cuidado convencional de uma clínica cirúrgica pediátrica. Método: estudo quase-experimental realizado em um hospital público de ensino com 62 acompanhantes de crianças em pós-operatório. O grupo controle – GC (n=32) foi submetido aos cuidados convencionais da unidade e o grupo experimental – GE (n=30) foi submetido à audição musical. Ambos os grupos tiveram os indicadores fisiológicos aferidos, nível de ansiedade mensurado por meio do Inventário de Ansiedade Traço-Estado e responderam um questionário estruturado para caracterização da amostra. Resultados: GE apresentou médias mais elevadas e estatisticamente significativas nos itens do Inventário de Ansiedade Traço-Estado sentir-se “à vontade”, “descansado”, “descontraído” e “satisfeito” em relação ao GC, após a audição musical. Conclusão: a audição musical tem o potencial de reduzir o nível de ansiedade pós-operatória dos acompanhantes de crianças submetidas a cirurgia.
Descritores: Música. Ansiedade. Enfermagem Pediátrica. Família.


Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.18471/rbe.v32.28159

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

ISSN 2178-8650 (eletrônico)

ISSN 0102-5430 (impresso)  

Licença Creative Commons
A Revista Baiana de Enfermagem utiliza a Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

A Revista Baiana de Enfermagem é membro da Associação Brasileira de Editores Científicos.

http://www.revenf.bvs.br/scielo.php?lng=pt