PADRÕES ANTROPOMÉTRICOS DE PESSOAS HIPERTENSAS

Claúdia Geovana da Silva Pires, Maiara da Silva Brandão Rodrigues, Alana de Souza Reis Carneiro, Igor Fenando Lopes Assis

Resumo


Objetivo: descrever os padrões antropométricos de adultos hipertensos e caracterizar os participantes segundo as variáveis socioeconômicas. Método: estudo descritivo, de natureza quantitativa, desenvolvido num Multicentro de Saúde de Salvador, Bahia, Brasil, em 2017.  Realizou-se análises descritivas, utilizando tabelas contendo frequências absolutas e relativas. Resultados: a amostra foi constituída por 220 participantes com diagnóstico de hipertensão arterial, predomínio de mulheres (78,6%), com idade maior ou igual a 60 anos (53,6%), de cor preta e parda (91,4%), com companheiro (77,7%), renda familiar mensal de um a dois salários mínimos (48,6%) e escolaridade até o ensino médio completo (55,5%). Destacaram-se, na amostra, obesidade e sobrepeso (40,1%) e circunferência da cintura (CC) e relação cintura-quadril (RCQ) não recomendados. Conclusão: houve predomínio de sobrepeso e obesidade I e II, circunferência de cintura e razão cintura/quadril não recomendadas.
Descritores: Obesidade. Antropometria. Hipertensão.


Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.18471/rbe.v32.27997

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

ISSN 2178-8650 (eletrônico)

ISSN 0102-5430 (impresso)  

Licença Creative Commons
A Revista Baiana de Enfermagem utiliza a Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

A Revista Baiana de Enfermagem é membro da Associação Brasileira de Editores Científicos.

http://www.revenf.bvs.br/scielo.php?lng=pt