ACOLHIMENTO À PESSOA COM O VÍRUS DA IMUNODEFICIÊNCIA HUMANA: REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DE PROFISSIONAIS DE SAÚDE

Fabiane da Silva Santos, Cleuma Sueli Santos Suto, Taciane Oliveira Bet Freitas, Silvana Gomes Nunes Piva, Rita de Cássia Dias Nascimento, Gizélia dos Santos Souza

Resumo


Objetivo: desvelar as representações sociais de profissionais de saúde da atenção básica sobre o acolhimento à pessoa com o vírus da imunodeficiência humana. Método: trata-se de um estudo exploratório com abordagem qualitativa, embasado na Teoria das Representações Sociais. Participaram da pesquisa 39 profissionais de saúde da rede de atenção básica, no período de outubro e novembro de 2016, respondendo a um questionário. Os dados foram processados pelos softwares EVOC e IRAMUTEQ. Resultados: o termo mais evocado foi “esclarecimento” e retrata que a prática do aconselhamento requer preparação de maneira adequada e qualificada ou aponta que o profissional é o detentor do saber. Conclusão: as representações sociais de profissionais de saúde da atenção básica revelam-se como normativas e hegemônicas, objetivando-se no esclarecimento e na prevenção. Demarcam, possivelmente no cotidiano das ações de aconselhamento/acolhimento, o lugar que os profissionais de saúde ocupam.

Descritores: Acolhimento. Aconselhamento. Profissional de Saúde. HIV. Atenção Primária à Saúde.


Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.18471/rbe.v33.27769

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

ISSN 2178-8650 (eletrônico)

ISSN 0102-5430 (impresso)  

Licença Creative Commons
A Revista Baiana de Enfermagem utiliza a Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

A Revista Baiana de Enfermagem é membro da Associação Brasileira de Editores Científicos.

http://www.revenf.bvs.br/scielo.php?lng=pt