FATORES DE RISCO PARA INFECÇÃO DE SÍTIO CIRÚRGICO EM PROCEDIMENTOS CIRÚRGICOS CARDÍACOS

Cláudia Silva Marinho Antunes Barros, Ana Lúcia Arcanjo Oliveira Cordeiro, Luana Stela de Araújo Castro, Marimeire Morais Conceição, Márcia Maria Carneiro Oliveira

Resumo


Objetivo: descrever os fatores de risco para infecção de sítio cirúrgico presentes em pacientes submetidos a procedimentos cirúrgicos cardíacos. Método: estudo de caso-controle, retrospectivo e descritivo. Participaram os pacientes submetidos a procedimentos cirúrgicos cardíacos entre 2011 e 2013 que desenvolveram e não desenvolveram infecção. Os dados foram coletados na Comissão de Controle de Infeção Hospitalar e nos prontuários, entre maio e dezembro de 2014. Resultados: foram estudados 50 pacientes, 19 casos e 31 controles. A ocorrência de infecção foi mais frequente em idosos do sexo masculino. Ambos os grupos apresentaram semelhanças na prevalência dos fatores de risco: tempo de internação pré-operatório superior a 24 horas, classificados no nível III, pelo physical status classification system, eram portadores de hipertensão e de diabetes e houve descontinuidade da antibioticoprofilaxia. Conclusão: os fatores de risco para infecção de sítio cirúrgico em pacientes submetidos a cirurgias cardíacas requerem dos profissionais envolvidos no processo maior controle para reduzir os índices dessas complicações.
Descritores: Infecção da ferida cirúrgica. Fatores de risco. Cirurgia torácica. Enfermagem.


Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.18471/rbe.v32.26045

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

ISSN 2178-8650 (eletrônico)

ISSN 0102-5430 (impresso)  

Licença Creative Commons
A Revista Baiana de Enfermagem utiliza a Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

A Revista Baiana de Enfermagem é membro da Associação Brasileira de Editores Científicos.

http://www.revenf.bvs.br/scielo.php?lng=pt