FATORES RELACIONADOS À OCORRÊNCIA DE EVENTOS ADVERSOS EM PACIENTES IDOSOS INTERNADOS

Cristiane Chagas Teixeira, Ana Lúcia Queiroz Bezerra, Thatianny Tanferri de Brito Paranaguá, Valéria Pagotto

Resumo


Objetivo: analisar os fatores relacionados à ocorrência de eventos adversos registrados nos prontuários de idosos internados. Método: estudo transversal, conduzido com 260 internações ocorridas na clínica cirúrgica de um hospital de ensino de Goiânia, Goiás, Brasil. Foram realizadas análise descritiva, associação univariada e multivariada. Resultados: verificou-se associação entre presença de acompanhante, tempo de internação igual ou maior que nove dias, uso de seis ou mais medicamentos por dia, uso de hemoderivados e uso de cateter e sonda. O tempo de internação superior a nove dias foi constatado como variável independente de risco para a ocorrência de eventos adversos. Conclusão: a identificação dos fatores relacionados à ocorrência de eventos adversos indica a necessidade de melhorar a qualidade no atendimento, com vistas ao desenvolvimento de competências necessárias para prestar uma assistência livre de danos a idosos internados.
Descritores: Enfermagem geriátrica. Qualidade da assistência à saúde. Segurança do paciente.


Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.18471/rbe.v32.25772

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

ISSN 2178-8650 (eletrônico)

ISSN 0102-5430 (impresso)  

Licença Creative Commons
A Revista Baiana de Enfermagem utiliza a Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

A Revista Baiana de Enfermagem é membro da Associação Brasileira de Editores Científicos.

http://www.revenf.bvs.br/scielo.php?lng=pt