FATORES ASSOCIADOS AO MANEJO ADEQUADO DE RESÍDUOS DE SERVIÇOS DE SAÚDE ENTRE PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM

Luana Pontes Oliveira, Isabela Vieira dos Santos Mendonça, Sâmea Cristina Santos Gomes, Arlene de Jesus Mendes Caldas

Resumo


Objetivo: investigar os fatores associados ao manejo adequado de Resíduos de Serviços de Saúde (RSS) entre profissionais da Equipe de Enfermagem. Método: estudo analítico transversal com 461 profissionais, em hospital público estadual em São Luís. Maranhão, Brasil, entre junho 2014 e janeiro 2016. Resultados: 40,13% tinham de 30 a 39 anos, 92,84% eram mulheres, 63,99% tinham <12 anos de estudo, 50,3% com 1-5 anos de tempo de serviço, 63,99% realizavam o manejo dos RSS de maneira adequada, 27,99% faziam uso de todos os Equipamentos de Proteção Individual durante a segregação dos resíduos. Verificou-se associação do manejo não adequado de RSS com a idade de 30 a 39 anos (p=0,010), a categoria técnico de enfermagem (p=0,013) e definição inadequada dos RSS (p<0,001). Conclusão: os profissionais com idade de 30-39 anos, técnicos de enfermagem e aqueles que não souberam definir o que são os RSS apresentaram-se associados a um manejo não adequado dos RSS.

Descritores: Resíduos de serviços de saúde. Equipe de enfermagem. Manejo de resíduos.


Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.18471/rbe.v32.25104

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

ISSN 2178-8650 (eletrônico)

ISSN 0102-5430 (impresso)  

Licença Creative Commons
A Revista Baiana de Enfermagem utiliza a Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

A Revista Baiana de Enfermagem é membro da Associação Brasileira de Editores Científicos.

http://www.revenf.bvs.br/scielo.php?lng=pt