INTERVENÇÃO EDUCATIVA DE ENFERMAGEM AO CLIENTE SUBMETIDO À CIRURGIA CARDÍACA

Kassia Regina de Castro Rosseto, Karolini Zuqui Nunes, Walckiria Garcia Romero, Lorena Barros Furieri, Leila Massaroni, Mirian Fioresi

Resumo


Objetivo: analisar se um programa educativo de enfermagem favorece o conhecimento e orienta as condutas adotadas pelos clientes no pós-operatório de cirurgia cardíaca. Método: estudo de intervenção realizado com 51 pacientes. A coleta de dados foi realizada através da aplicação de um formulário estruturado. Análise estatística:  foram usados os testes qui-quadrado, exato de Fisher, Mann-Whitney ou coeficiente de correlação de Spearman, quando apropriados. Resultados: o programa educativo foi considerado importante para garantir tranquilidade, adesão ao tratamento e auxílio na recuperação. Entretanto, os clientes apresentaram compreensão limitada quanto a alguns procedimentos comuns do pós-operatório. As respostas inadequadas foram relacionadas à baixa escolaridade (p < 0,05). Houve correlação moderada e negativa (ρ = -0,314; p < 0,05) entre a coerência das respostas e o tempo entre a orientação e a cirurgia. Conclusão: o programa educativo favoreceu o conhecimento e orientou as condutas adotadas pelos clientes na fase pós-operatória.


Descritores: Cirurgia cardíaca. Enfermagem perioperatória. Assistência de Enfermagem. Educação em saúde.


Palavras-chave


Cirurgia Cardíaca; Enfermagem Perioperatória; Assistência de Enfermagem; Educação em saúde

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.18471/rbe.v31i4.22441

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

ISSN 2178-8650 (eletrônico)

ISSN 0102-5430 (impresso)  

Licença Creative Commons
A Revista Baiana de Enfermagem utiliza a Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

A Revista Baiana de Enfermagem é membro da Associação Brasileira de Editores Científicos.

http://www.revenf.bvs.br/scielo.php?lng=pt