PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DE MULHERES COM PAPILOMAVÍRUS HUMANO QUE UTILIZAM O SERVIÇO PÚBLICO DE SAÚDE

Lígia Souza Machado, Mario Cezar Pires

Resumo


Objetivo: conhecer o perfil de mulheres com papilomavírus humano genital e investigar o conhecimento sobre a infecção e sua prevenção. Método: estudo descritivo através da aplicação de formulário estruturado para uma amostra de 49 mulheres. Todas apresentaram resultado de papanicolaou com lesão intraepitelial de baixo grau. Os dados foram tratados por meio de análise estatística descritiva utilizando o programa EPI-INFO® 7.1.4. Resultados: as mulheres estudadas, em sua maioria, eram adultas jovens, solteiras e com ensino médio. A incidência da infecção ocorreu em participantes com renda familiar inferior a cinco salários mínimos por mês. A realização do exame de papanicolaou e sua periodicidade foi referida por mais de 70% delas. Conclusão: os dados apontaram ocorrência do papilomavírus humano em mulheres entre 20 e 40 anos de idade, com maior frequência naquelas que iniciaram a atividade sexual após os 15 anos de idade.
Descritores: Papilomavírus humano. Saúde da mulher. Saúde Pública.


Palavras-chave


Papilomavírus humano; Saúde da mulher; HPV

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.18471/rbe.v31i4.22135

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

ISSN 2178-8650 (eletrônico)

ISSN 0102-5430 (impresso)  

Licença Creative Commons
A Revista Baiana de Enfermagem utiliza a Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

A Revista Baiana de Enfermagem é membro da Associação Brasileira de Editores Científicos.

http://www.revenf.bvs.br/scielo.php?lng=pt