FATORES ASSOCIADOS À QUALIDADE DE VIDA DE INDIVÍDUOS ACOMETIDOS POR DIABETES MELLITUS

Bruno Gonçalves de Oliveira, Eliane dos Santos Bomfim, Icaro José Santos Ribeiro, Erica Assunção Carmo, Rita Narriman Silva de Oliveira Boery, Eduardo Nagib Boery

Resumo


Objetivo: analisar os fatores associados à qualidade de vida de indivíduos acometidos por diabetes mellitus. Método: estudo epidemiológico, censitário, realizado com 101 indivíduos com o diagnóstico de diabetes tipo 2 atendidos em uma Unidade de Saúde da Família do município de Jequié-BA, Brasil. Foram utilizados os instrumentos de coleta de dados: sociodemográficos, estilo de vida, dados clínicos e o WHOQOL-bref. Resultados: evidenciou-se que as pessoas que fazem uso de álcool e tabaco apresentaram melhor percepção de qualidade de vida no domínio relações sociais. Verificou-se que os indivíduos sobrepeso/obeso apresentaram pior percepção de qualidade de vida no domínio psicológico. Quanto ao tempo diagnóstico, observou-se pior percepção entre os indivíduos com diagnóstico > 5 anos de diabetes mellitus e o domínio relações sociais. Conclusão: o consumo de álcool e tabaco, índice de massa corporal e o tempo diagnóstico da doença interferem na qualidade de vida do indivíduo com diabetes.


Descritores: Diabetes mellitus. Estilo de vida. Qualidade de vida.


Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.18471/rbe.v31i4.21481

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

ISSN 2178-8650 (eletrônico)

ISSN 0102-5430 (impresso)  

Licença Creative Commons
A Revista Baiana de Enfermagem utiliza a Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

A Revista Baiana de Enfermagem é membro da Associação Brasileira de Editores Científicos.

http://www.revenf.bvs.br/scielo.php?lng=pt