AVALIAÇÃO DAS NECESSIDADES DOS FAMILIARES DE VÍTIMAS DE TRAUMA CRANIOENCEFÁLICO

Lorranny Santana Rodrigues, Ana Carla Ferreira Silva dos Santos, Edilene Curvelo Hora Mota, Leda Rodrigues dos Santos, Bruno Melo da Silva, Karoline Cravo de Melo

Resumo


Objetivo: identificar as necessidades dos familiares de vítimas de Trauma Cranioencefálico atendidas ambulatorialmente e avaliar quantitativamente o atendimento dessas necessidades. Método: estudo descritivo de abordagem quantitativa. Foram utilizados dois instrumentos de coleta, um para caracterização do familiar e da vítima e outro o Family Need Questionnaire em sua versão adaptada para o português aplicados com 22 familiares. Resultados: a grande maioria (93,1%) das necessidades elencadas foi considerada “importante ou muito importante” e estão relacionadas aos subtemas "informações sobre saúde" e “suporte profissional”. Conclusão: as taxas de atendimentos das necessidades apontadas pelos familiares demonstram a qualidade do serviço oferecido pelos profissionais de saúde durante o tratamento e reabilitação das vítimas de Trauma Cranioencefálico.

 

Descritores: Traumatismos Encefálicos; Família; Relações Familiares.


Palavras-chave


Traumatismos Encefálicos; Família; Relações Familiares;

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.18471/rbe.v31i2.20504

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

ISSN 2178-8650 (eletrônico)

ISSN 0102-5430 (impresso)  

Licença Creative Commons
A Revista Baiana de Enfermagem utiliza a Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

A Revista Baiana de Enfermagem é membro da Associação Brasileira de Editores Científicos.