CUIDADO DOMICILIAR NA CRIANÇA COM ASMA

Camila Fernandes Wild, Andressa da Silveira, Neila Santini de Souza, Fernanda Luisa Buboltz, Eliane Tatsch Neves

Resumo


Objetivo: identificar como os familiares/cuidadores desenvolvem os cuidados na criança com asma no domicílio. Método: pesquisa qualitativa desenvolvida no primeiro semestre de 2014. O estudo foi realizado com 15 familiares/cuidadores de crianças com asma por meio de entrevistas semiestruturadas submetidas à análise de discurso francesa. Resultados: após a análise dos dados, obtiveram-se as seguintes categorias: A criança com asma e a privação social; Cuidados mediados pelo saber da experiência. Identificou-se que os cuidadores realizam o processo de cuidado atrelado à superproteção da criança. Ademais, devido ao fato de o cuidado ser desenvolvido para evitar a exposição a fatores desencadeantes da doença, ocorre a privação social das crianças. As estratégias de cuidado dos familiares advêm da experiência do cotidiano. Conclusão: os familiares/cuidadores realizam o processo de cuidado voltado à superproteção da criança, ocasionando a privação social dos filhos e, muitas vezes, de si mesmos.


Descritores: Criança. Doença Crônica. Enfermagem Familiar.


Palavras-chave


Descritores: Criança. Doença Crônica. Enfermagem familiar.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.18471/rbe.v31i2.20487

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

ISSN 2178-8650 (eletrônico)

ISSN 0102-5430 (impresso)  

Licença Creative Commons
A Revista Baiana de Enfermagem utiliza a Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

A Revista Baiana de Enfermagem é membro da Associação Brasileira de Editores Científicos.