ANÁLISE DE CONFORMIDADE E NÃO CONFORMIDADE DE UNIDADES DE SAÚDE DA FAMÍLIA

Mariluce Karla Bomfim de Souza, Leidiane Andrade Barreto, Elaine Andrade Leal Silva

Resumo


Objetivo: identificar e discutir conformidades e não conformidades de unidades de saúde da família, de dois municípios do estado da Bahia, Brasil. Método: estudo descritivo e de avaliação normativa realizado em 23 unidades de saúde de um município de grande e outro de médio porte, no Nordeste brasileiro, no ano de 2014. Utilizou-se um roteiro de check-list elaborado a partir de manual ministerial sobre a estrutura física de unidades, sendo considerada a regulamentação técnica da Agência Nacional de Vigilância Sanitária e o programa EpiData para registro e arquivamento dos dados. Resultados: condições estruturais adaptadas e adequações de imóveis para o funcionamento de estabelecimentos de saúde podem interferir sobre a qualidade da oferta dos serviços. Conclusão: constatou-se a necessidade de estruturação e de priorização da Atenção Primária à Saúde, a fim de não comprometer a mudança do modelo assistencial.


Descritores: Avaliação em saúde. Estrutura dos serviços. Atenção primária à saúde.


Palavras-chave


avaliação em saúde; saúde coletiva

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.18471/rbe.v31i4.18418

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

ISSN 2178-8650 (eletrônico)

ISSN 0102-5430 (impresso)  

Licença Creative Commons
A Revista Baiana de Enfermagem utiliza a Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

A Revista Baiana de Enfermagem é membro da Associação Brasileira de Editores Científicos.

http://www.revenf.bvs.br/scielo.php?lng=pt