PARTICIPAÇÃO EM GRUPO COMO RECURSO PARA PROMOÇÃO DA SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA ENTRE IDOSOS

Leidiene Ferreira Santos, Lizete Malagoni de Almeida Cavalcante Oliveira, Maria Alves Barbosa, Ruth Minamisava, Brenda Nogueira de Souza, Daniella Pires Nunes

Resumo


Objetivo: analisar a participação em grupo de promoção da saúde como estratégia para melhorar a qualidade de vida de idosos. Método: pesquisa realizada com idosos cadastrados em uma Unidade de Atenção Básica à Saúde da Família, participantes (G1) e não participantes (G2) de um grupo de promoção da saúde. Os dados foram coletados por meio de um instrumento com questões sociodemográficas e pelos WHOQOL-BREF e WHOQOL-OLD, e analisados no software Stata versão 11.0, por meio de regressão linear múltipla. O nível de significância adotado foi ≤ 5%. Resultados: participar do grupo foi significativamente associado a melhores escores de qualidade de vida nos domínios “físico”, “relações sociais” e “meio ambiente” (WHOQOL-BREF), e nas facetas “atividades passadas, presentes e futuras” e “participação social” (WHOQOL-OLD). Conclusão: participação em grupo de promoção da saúde favorece melhorias em diversos aspectos da vida dos idosos, especialmente os relacionados a inclusão social e estabelecimento/manutenção de relacionamento interpessoal.

 

Descritores: Qualidade de Vida; Estrutura de Grupo; Promoção da Saúde.


Palavras-chave


Qualidade de Vida; Estrutura de Grupo; Promoção da Saúde.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.18471/rbe.v31i2.17868

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

ISSN 2178-8650 (eletrônico)

ISSN 0102-5430 (impresso)  

Licença Creative Commons
A Revista Baiana de Enfermagem utiliza a Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

A Revista Baiana de Enfermagem é membro da Associação Brasileira de Editores Científicos.