CARACTERÍSTICAS DO RELACIONAMENTO ENTRE A MULHER E SEU PARCEIRO NA OCORRÊNCIA DE GRAVIDEZ NÃO PLANEJADA

Sonia Maria de Jesus Parcero, Edméia de Almeida Cardoso Coelho, Millani Souza de Almeida, Mariza Silva Almeida, Enilda Rosendo do Nascimento

Resumo


Objetivos: caracterizar os parceiros de mulheres em situação de gravidez não planejada e descrever características do relacionamento entre o parceiro e sua companheira segundo as mulheres. Método: estudo transversal mediante entrevista com 191 mulheres grávidas cadastradas na Estratégia Saúde da Família. Na análise estatística, as diferenças entre as proporções foram verificadas pelo Teste Qui-quadrado de Pearson e Exato de Fischer com nível de 5% de significância estatística. Resultados: Os parceiros apresentaram idade média de 28 anos, predominando raça/cor negra, sem religião, baixo nível de escolaridade e baixa renda. A situação conjugal casada/união estável e o tempo de união apresentaram alta significância estatística para a ocorrência da gravidez não planejada. Conclusão: Os parceiros têm situação socioeconômica desfavorável ao acesso a informações. E a conjugalidade é um importante fator para a ocorrência e aceitação da gravidez, todavia é preciso estimular a co-responsabilidade masculina, ressaltando-se o papel da equipe multiprofissional na atenção básica.

 

Descritores: Gravidez não planejada. Paternidade. Planejamento familiar. Enfermagem.


Palavras-chave


Gravidez não planejada; paternidade; planejamento familiar; enfermagem.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.18471/rbe.v31i2.17332

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

ISSN 2178-8650 (eletrônico)

ISSN 0102-5430 (impresso)  

Licença Creative Commons
A Revista Baiana de Enfermagem utiliza a Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

A Revista Baiana de Enfermagem é membro da Associação Brasileira de Editores Científicos.