A EXPERIÊNCIA DO CÂNCER DE MAMA: PERCEPÇÕES E SENTIMENTOS

Márcia Aparecida Padovan Otani, Nelson Filice de Barros, Maria José Sanches Marin

Resumo


Resumo

O câncer é uma doença de alta incidência que traz mudanças psicossociais na vida das pessoas. Com a perspectiva teórica do Interacionismo Simbólico, este estudo objetiva analisar as percepções e os sentimentos de mulheres com câncer de mama. Trata-se de um estudo qualitativo, em que foi realizado entrevistas com treze mulheres em tratamento em um município do interior paulista. Utilizou-se os pressupostos da Análise de Conteúdo para coleta, organização, análise e interpretação dos dados. Os resultados mostram que o câncer é percebido, ora como uma sentença de morte, ora com possibilidade de cura. Sentimentos como desespero, medo, incerteza, confiança e conforto surgem durante o tratamento. A partir da compreensão do significado atribuído pelas mulheres, é possível respeitar valores e princípios éticos de beneficência, autonomia e justiça necessários aos profissionais de saúde para o cuidado efetivo.

Palavras-chave: Comunicação; Relações Enfermeiro-Paciente; Oncologia; Neoplasias.

 

The breast cancer experience: perceptions and feelings

Abstract

Cancer is a disease of high incidence that brings psychosocial changes in people's lives. With the theoretical perspective of Symbolic Interactionism, this study aims to analyze the perceptions and the feelings of women with breast cancer. This is a qualitative study, in which it was conducted interviews with thirteen women who perform treatment at a city in the countryside of São Paulo State. Were used the assumptions of Content Analysis for   collection, organization, analysis and data interpretation. The results show that the cancer is perceived sometimes as a death sentence, sometimes with the possibility of cure. Feelings such as despair, fear, uncertainty, confidence and comfort arise during treatment. From the understanding of the meaning assigned by women, it is possible to respect values and ethical principles of beneficence, autonomy and justice needed for health professionals to effective care.

Key words: Communication; Nurse-Patient Relations; Medical Oncology; Neoplasms.

 

La experiencia del cáncer de mama: percepciónes y sentimientos

Resumen

El cáncer es una enfermedad de alta incidencia que trae mudanza psicosociales en la vida de las personas. Con la perspectiva teorica del  Interaccionismo Simbólico, este estudio objetiva analisar las percepciones y sentimientos de las mujeres con cáncer de mama. Este es un estudio cualitativo, en el cual fue llevado a efecto entrevistas con trece mujeres en tratamiento en un municipio del interior del Estado de São Paulo. Fue utilizado los presupuestos de la Análisis del Contenido para la recolección, organización,  análisis y la interpretación de los de datos. Los resultados muestran que el cáncer es percibido, a veces como una sentencia de muerte, a veces con la posibilidad de cura. Sentimientos como desesperación, miedo, incertidumbre, confianza y comodidad se presentan durante el tratamiento. Desde la comprensión del significado atribuído por las mujeres, es posible respetar los valores y princípios eticos de beneficencia, autonomia y justicia necesarios a los profesionales de la salud para el cuidado efectivo.

Palabras-llave: Comunicación; Relaciones Enfermero-Paciente; Oncologia; Neoplasias.

 

 


Palavras-chave


Comunicação; Relações Enfermeiro-Paciente; Oncologia; Neoplasias

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18471/rbe.v29i3.12701

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

ISSN 2178-8650 (eletrônico)

ISSN 0102-5430 (impresso)  

Licença Creative Commons
A Revista Baiana de Enfermagem utiliza a Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

A Revista Baiana de Enfermagem é membro da Associação Brasileira de Editores Científicos.

http://www.revenf.bvs.br/scielo.php?lng=pt