SEGURANÇA DO PACIENTE E PROMOÇÃO DA SAÚDE: UMA REFLEXÃO EMERGENTE

Francisco Gilberto Fernandes Pereira, Érica Oliveira Matias, Joselany Áfio Ceatano, Francisca Elisangela Teixeira Lima

Resumo


Objetivou-se identificar as convergências entre o Programa Nacional de Segurança do Paciente e a Promoção da Saúde no cenário hospitalar. Trata-se, portanto, de um estudo reflexivo desenvolvido com base em dois focos: Promoção da Saúde no Contexto Hospitalar e Convergências entre Segurança do Paciente e Promoção da Saúde. Observou-se que há um forte entrelaçamento entre as diretrizes e objetivos propostos para se alcançar a segurança na assistência, preconizados pela política nacional, com aqueles apregoados pela Declaração de Budapeste, percebendo-se principalmente a imposição do sujeito como agente protagonista de sua saúde, por meio de autonomia e empoderamento, bem como compromisso em desenvolver condutas que visem à promoção da segurança do paciente, atuando no âmbito da educação, prática clínica, pesquisa e cultura organizacional.


Palavras-chave


Segurança do Paciente; Promoção da Saúde; Hospitais.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18471/rbe.v29i3.12205

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

ISSN 2178-8650 (eletrônico)

ISSN 0102-5430 (impresso)  

Licença Creative Commons
A Revista Baiana de Enfermagem utiliza a Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

A Revista Baiana de Enfermagem é membro da Associação Brasileira de Editores Científicos.

http://www.revenf.bvs.br/scielo.php?lng=pt