EM TORNO DA CIVILIZAÇÃO LUSO-TROPICAL: a contribuição de Gilberto Freyre à sociologia da imigração no Brasil

Márcio Sérgio Batista Silveira de Oliveira

Resumo


Rigorosamente, não há uma sociologia da imigração na obra de Gilberto Freyre. Contudo o fenômeno da imigração não está ausente das análises sobre o modelo freyriano de amálgama e sobre os processos de miscigenação social e racial. Está presente ainda em conferências e livros sobre a civilização luso-tropical, em seu interesse e viagens por outras culturas e países. Ele pode ser observado ainda em sua atuação parlamentar em defesa da lusofonia durante a Assembleia Constituinte de 1946. Esse paper discute a contribuição de Freyre à sociologia da imigração no Brasil, em relação à discussão mais geral sobre o luso-tropicalismo. Colocando em perspectiva comparada as definições sobre o luso-tropicalismo e as análises dos processos de assimilação, conclui-se que os estudos nos quais Freyre analisa aspectos da imigração foram contrapartida decisiva para o desenvolvimento de suas ideias sobre a civilização luso-tropical, além de constituírem importantes contribuições para a sociologia da imigração no Brasil.

Palavras-chave


Gilberto Freyre; Sociologia da imigração; Imigração; Assimilação; Civilização luso-tropical

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/ccrh.v30i81.19950

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018


Centro de Estudos e Pesquisas em Humanidades
FFCH/Universidade Federal da Bahia
Estrada de São Lázaro, 197 - Federação
40.210-730 Salvador, Bahia Brasil
Tel.: (55 71) 3283-5857/3283-5856



ISSN Online 1983-8239     ISSN Impresso 0103-4979

 
 
 
Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.