A HIPÓTESE DA CONVERGÊNCIA: uma ilusão de ótica

Guaraci Adeodato Alves de Souza

Resumo


Este trabalho põe em discussão crítica a chamada "hipótese da convergência", que constitui uma suposição central da teoria da transição demográfica, e que afirma existir uma tendência de homogeneização dos padrões demográficos e de estruturação da família nas sociedades que vivenciam tal processo de mudanças demográficas históricas.


This paper is a critique of the socalled "convergence hypothesis", a basic assumption of the theory od demographic transition. According to this hypothesis, demographic patterns and family structures tend to become homogeneous in societes undergoing a process of demographic transition.

Publicação Online do Caderno CRH:

http://www.cadernocrh.ufba.br


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/ccrh.v4i15.18825

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais


Centro de Estudos e Pesquisas em Humanidades
FFCH/Universidade Federal da Bahia
Estrada de São Lázaro, 197 - Federação
40.210-730 Salvador, Bahia Brasil
Tel.: (55 71) 3283-5857/3283-5856



ISSN Online 1983-8239     ISSN Impresso 0103-4979

 
 
 
Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.