ALFABETIZAÇÃO DE ADULTOS COMO POLÍTICA EDUCACIONAL DOS MOVIMENTOS SOCIAIS

Celma Borges

Resumo


O artigo discute a alfabetização de adultos, no quadro de referência dos movimentos sociais por educação. Apresenta as características das políticas educacionais alternativas, enfatizando de um lado, os contextos de carências e violências, a ausência do ensino regular e a valorização da escola, os objetivos e formas de atuação dos projetos alternativos, como fatores que as favorecem. E de outro, a formação e condições de trabalho dos professores e monitores, as dificuldades financeiras e materiais, os problemas sociais e a mobilização dos alunos, como condicionantes de sua desestruturação. Coloca estas experiências enquanto educação para a cidadania, portanto, como um dos processos característicos dos movimentos sociais, fazendo restrições à sua dimensão de ensino da leitura e da escrita. Em suas conclusões, assinala a importância secundária que a educação adquire e sua abrangência limitada face à necessidade de sobrevivência das populações a que se destina e a crise sócio-econômica que o país atravessa, e, ainda que as distorções das políticas econômicas e sociais fomentam e catalisam as diversas formas de exclusão social, comprometendo a qualidade de vida da população brasileira e o exercício de sua cidadania.

ADULTS LITERACY AS EDUCATIONAL POLITIC OF SOCIAL
MOVEMENTS - Celma Borges Gomes
This article investigates adult literacy in relation to social movements for education. It presents the characteristics of alternative educational politics, emphasizing on the one hand the context of needs and violence, the faults of regular teaching and the valorization of schools, and the objectives and forms in the actualization of alternative projects, with factors favorable to these experiences. On the other hand, it looks at the training of teachers and aides and their work conditions, the financial and material difficulties, and social problems and student mobilization, with factors that condition their destructuring. It considers these experiences of "education for citizenship" as one of the principle characteristics of social movements, however restricting it may be in the actual teaching of reading and writing. In conclusion, the article shows the secundary importance given to formal education and the limited scope of these social movements in the face of the survival needs of the targeted population and the present Brazilian social-economic crisis. This results in political, economic and social distortions which facilitate and create diverse forms of social exclusion, compromising the quality of life for the Brazilian population and the exercise of their citizenship.

Publicação Online do Caderno CRH:

http://www.cadernocrh.ufba.br


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/ccrh.v6i18.18804

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais


Centro de Estudos e Pesquisas em Humanidades
FFCH/Universidade Federal da Bahia
Estrada de São Lázaro, 197 - Federação
40.210-730 Salvador, Bahia Brasil
Tel.: (55 71) 3283-5857/3283-5856



ISSN Online 1983-8239     ISSN Impresso 0103-4979

 
 
 
Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.