A ENGENHARIA DA SUBORDINAÇÃO – Os Estados Unidos e o subdesenvolvimento africano nas décadas

Muniz Gonçalves Ferreira

Resumo


O artigo avalia as implicações da política externa norte-americana sobre os processos de desenvolvimento econômico e social dos países do continente africano. Tomando como ponto de partida as expectativas otimistas cultivadas pelos líderes dos movimentos de libertação nacional nas décadas de 60 e 70, tematiza o significado amplamente desfavorável para as nações africanas dos programas de reestruturação econômica e da reconquista da superioridade estratégico-militar, implementados pelas administrações norte-americanas nos anos 80 e 90.

PALAVRAS-CHAVE: África, desenvolvimento, Estados Unidos, relações internacionais, neocolonialismo.

THE ENGINEERING OF SUBORDINATION. The United States and the African Underdevelopment in the 80’s and 90’s
Muniz Gonçalves Ferreira

The article evaluates the implications of the North-American external policy on the economic and social development processes in countries in the African continent. Having as a starting point the optimistic expectancies cultivated by the leaders of the national liberation movement in the 60 and 70’s, the topic of the essay is the highly unfavorable meaning for the African Nations of the economic restructuring programs and the re-conquest of the strategic-military superiority implemented by the North-American administrations in the 80 and 90’s.

KEY WORDS: Africa, development, United States, international relationships, neocolonialism.



Publicação Online do Caderno CRH: http://www.cadernocrh.ufba.br

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/ccrh.v15i36.18630

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais


Centro de Estudos e Pesquisas em Humanidades
FFCH/Universidade Federal da Bahia
Estrada de São Lázaro, 197 - Federação
40.210-730 Salvador, Bahia Brasil
Tel.: (55 71) 3283-5857/3283-5856



ISSN Online 1983-8239     ISSN Impresso 0103-4979

 
 
 
Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.