AS NOVAS FORMAS DE ACUMULAÇÃO DE CAPITAL E AS FORMAS CONTEMPORÂNEAS DO ESTRANHAMENTO (ALIENAÇÃO)

Ricardo Antunes

Resumo


O artigo discute as mutações em curso no mundo do trabalho como expressão do processo de reorganização do capital, em resposta à crise desencadeada a partir dos anos 70, através da acumulação flexível, que tem, na implementação do padrão toyotista de organização do trabalho, a forma mais avançada de intensificação do trabalho, combinando as formas relativa e absoluta da extração da mais valia. Analisa as principais práticas do toyotismo nos vários setores de atividade e em  vários países, demonstrando como esse processo de intensifica;'ao do trabalho é responsável por novas formas contemporâneas de estranhamento.
PALAVRAS-CHAVES: Trabalho, toyotismo, alienação, estranhamento.

THE NEW FORMS OF CAPITAL ACCUMULATION AND THE CONTEMPORANEOUS FORMS OF ESTRANGED LABOR (ALIENARTION)
Ricardo Antunes

The paper discusses the mutations that the world of labor has gone through as an expression of the capital reorganization process, in a response to the crisis triggered by the flexible accumulation from the 70s on, and which relied on toyotism, the most advenced intensification of labor, as a pattern of labor organization. This pattern combines the relative and absolut forms of exploitation of the labor theory of value. The paper analyses the main Toyotism practices in several sectors of the activityand in different countries, demonstrating how this labor intensification process is responsible for the new contemporaneous forms of estranged labor.

KEY WORDS: Labor, Toyotism, alienation, estranged labor.



Publicação Online do Caderno CRH: http://www.cadernocrh.ufba.br

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/ccrh.v15i37.18601

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais


Centro de Estudos e Pesquisas em Humanidades
FFCH/Universidade Federal da Bahia
Estrada de São Lázaro, 197 - Federação
40.210-730 Salvador, Bahia Brasil
Tel.: (55 71) 3283-5857/3283-5856



ISSN Online 1983-8239     ISSN Impresso 0103-4979

 
 
 
Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.