Leituras do cotidano e as interseções entre o Jornalismo e as Ciências Sociais // DAILY READINGS AND THE INTERSECTIONS BETWEEN JOURNALISM AND SOCIAL SCIENCES

Christa Berger, Frederico de Mello Brandão Tavares

Resumo


Ao jornalismo cabe dar a ver a vida cotidiana, às ciências sociais cabe dar a conhecer o significado desta vida. Mas, se jornalistas e cientistas sociais têm o cotidiano como horizonte, é possível afirmar que ambos comungam de uma mesma pretensão. Ao fazer emergir os acontecimentos que compõem a realidade e interpretá-los a luz de um ou outro saber, os dois campos colaboram na formação de um círculo hermenêutico que remete ao conhecimento do mundo e que faz também pensar na interseção de práticas que os envolvem, na interpenetração de processos de interpretação e visibilidade. Partindo desse ponto de convergência, este texto busca debater o lugar do jornalismo no rol de saberes sobre o cotidiano, refletindo sobre dimensões de suas práticas informativas. Nesse percurso, chama-se atenção para formas de legitimação do caráter interpretativo do jornalismo, pensando-o a partir do uso e do reconhecimento que se faz dele por outras áreas.

Palavras-chave


Jornalismo; Ciências Sociais; Cotidiano

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/1809-9386contemporanea.v12i1.9788