MÚSICA, JÓVENES Y ALTERIDAD: ROCK INDÍGENA EN EL SUR DE MÉXICO // MUSIC, YOUNG PEOPLE AND ALTERITY. INDIGENOUS ROCK IN SOUTHERN MEXICO

Martín de la Cruz López Moya, Efraín Cedillo

Resumo


Há pouco mais de dez anos, nos Chiapas, foram criados espaços para a expressão artís-
tica em que jovens falantes de uma língua indígena, do Sul do México, expressam a sua
criatividade através da música, fotografia, pintura, literatura, grafite, ou em produções
de vídeo ou rádio. Com estes produtos culturais, alguns resultados de políticas culturais
locais e outros de iniciativas individuais ou coletivas, jovens tornam-se visíveis como
novos sujeitos urbanos. Eles são atores sociais que se apropriam dos espaços públicos,
onde expressam seus imaginários sobre o amor e etnias. Este artigo analisa uma dessas
práticas criativas adotadas pelos jovens: a música indigena na cena rock em Los Altos
de Chiapas e suas conexões com os processos de globalização. Eles criam as culturas
juvenis inovadoras e formas de vida, socialização e interação com os colegas para além
das fronteiras territoriais, comunitárias ou linguísticas.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/1809-9386contemporanea.v10i3.6804