Sobre limites e possibilidades do conceito de enquadramento jornalístico

Carlos Alberto de Carvalho

Resumo


Desde a incorporação aos estudos do Jornalismo, por Gaye Tuchman, o conceito de enquadramento, tomado de empréstimo a Erving Goffman, tem sido útil para a compreensão dos modos como os diversos operadores jornalísticos promovem recortes do real transformado em narrativas noticiosas. Mais do que um conceito operacional, enquadramento é uma noção também rica para esclarecer os modos como o Jornalismo se relaciona com os atores sociais. Às possibilidades analíticas do conceito, no entanto, correspondem alguns limites interpretativos, existentes desde a apropriação de Tuchman, assim como dificuldades impostas pela própria maneira como Goffman lida com o conceito de “quadros primários”, central na definição dos enquadramentos.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/1809-9386contemporanea.v7i2.3701