A intertextualidade no videoclipe: Uma abordagem discursiva e imagético-cognitiva

Leonardo Mozdzenski

Resumo


Apesar da sua popularização nos meios de comunicação de massa, o gênero videoclipe não tem recebido a devida atenção dos estudos discursivos. Norteado pelo propósito de sanar essa omissão e fundamentando-se no primado do interdiscurso, este trabalho objetiva descrever e analisar como os textos videoclípticos dialogam com outros textos multissemióticos para produzir sentido, sobretudo no que diz respeito às relações de ‘paródia’, ‘pastiche’ e ‘plágio’ então estabelecidas. Para tanto, recorremos à noção de intericonicidade e às contribuições advindas dos estudos tanto cognitivos quanto visuais, buscando abarcar as complexas relações intertextuais instauradas entre os clipes e diversos gêneros dos campos artísticos e/ou audiovisuais, propondo ao final um continuum tipológico das relações entre textos verbo-visuais e imagens midiáticas.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/1809-9386contemporanea.v7i2.3679