O estilo da voz falada no cinema de ficção comercial: o verossímil da fala espontânea // The style of the spoken voice in the commercial fiction films: the verissimilitude of fresh talk

Débora Regina Opolski

Resumo


Este artigo apresenta o conceito de verossímil da fala espontânea, um estilo de voz falada do cinema de ficção comercial contemporâneo, que se constituiu como uma voz distintiva dentro do verossímil cinematográfico. O verossímil da fala espontânea é composto por uma fala coloquial que enaltece sotaques e dialetos, assim como, utiliza improviso e sobreposição de vozes como estratégias para quebrar com as normas da fala cinematográfica do cinema clássico, que buscava a inteligibilidade e a clareza do diálogo cinematográfico. Para tanto, primeiro pretende-se contextualizar historicamente o percurso da constituição da voz falada no cinema, a partir da história norte-americana, para depois, caracterizar o verossímil da fala espontânea, através da definição das suas propriedades, a partir de exemplos de filmes brasileiros.

Palavras-chave


Verossimilhança; Diálogo; Fala espontânea.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/1809-9386contemporanea.v16i2.23038