NOTÍCIAS DA AMAZÔNIA: A CULTURA JORNALÍSTICA DAS TELEVISÕES BRASILEIRA E PORTUGUESA // NEWS FROM AMAZON: THE JOURNALISTIC CULTURE OF BRAZILIAN AND PORTUGUESE TELEVISIONS

Lúcia Helena Mendes Pereira

Resumo


Essa investigação identifica e procura os fatores políticos e culturais que impedem ou promovem a prática democrática do Jornalismo hegemônico nas televisões portuguesa e brasileira sobre o território brasileiro conhecido como “Amazônia Legal” – conceito político-estratégico com fins econômicos, forjado pelo governo do Brasil. O foco desse estudo são os critérios de noticiabilidade proferidos pelas comunidades interpretativas da Televisão e Rádio de Portugal – TV RTP – e pela Rede Globo de Televisão – TV Globo, entre os anos de 2005 e 2011, como importantes fatores, tanto para a manutenção do exercício da colonialidade de poder (QUIJANO, 1991, 1993, 1994) como para a evocação de práticas democratizantes no imaginário social sobre o debate da crise ambiental. Trata-se assim, de uma reflexão crítica assentada na Teoria Pós-colonial, dos Estudos Culturais, dos valores ético-culturais da produção jornalístico-televisiva generalista de quatro jornais diários na televisão portuguesa e um jornal diário da televisão brasileira. O método seguido foi o Estudo de Caso Extendido (BURAWOY, 1998) combinado com a Etnografia Multi-Situada (MARCUS, 1998). Como resultado, apresenta os fatores hegemônicos atuantes nas notícias de ambas as televisões e as insurgências contra-hegemônicas apreendidas.

Palavras-chave


Teoria Pós-colonial. Amazônia. Jornalismo Ambiental.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/1809-9386contemporanea.v15i1.16823