A importância dos fatores de virulência do A. actinomycetemcomitans no desenvolvimento da doença periodontal agressiva

Vinicius Barreto de Souza Campos, Carlos Marcelo Figueredo

Resumo


A doença periodontal é caracterizada por alterações morfológicas nas estruturas de suporte dos dentes e é causada pela interação de subgrupos bacterianos com um indivíduo suscetível. Essa interação é necessária porque a presença de periodontopatógenos pode ser freqüentemente detectada em pacientes saudáveis. Isso indica que nem todos os indivíduos são igualmente suscetíveis e (ou) que há uma variação na virulência e potencial patogênico. Freqüentemente acredita-se que bactérias Gram-negativas estão envolvidas na iniciação da doença periodontal inflamatória. Um dos principais microrganismos implicados em algumas formas de doença periodontal é o Actinobacillus actinomycetemcomitans. Embora o mecanismo exato de patogenicidade do A. actinomycetemcomitans não seja claro, vários fatores de virulência têm sido caracterizados. Esses fatores incluem: adesão e invasão de células epiteliais, lipopolissacarídeos, fatores inibitórios para fibroblastos, leucotoxina e fatores inibitórios para quimiotaxia de leucócitos polimorfonucleares.

Palavras-chave


fatores de virulência; A. actinomycetemcomitans; doença periodontal.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/cmbio.v4i1.4176

Direitos autorais

CAPESCAPES-PERIODICOS CNPq BVS FAPESB UFBA ICS PPORGSISTEM

ISSN(impresso): 1677-5090 / ISSN(eletrônico): 2236-5222