Produção de antígeno viral para o sorodiagnóstico da artrite-encefalite caprina utilizando um teste imunoenzimático (ELISA)

Julianna Alves Torres, Gúbio Soares Campos, Michael Menezes Freitas, Camila Fonseca Lopes Brandão, Sílvia Inês Sardi

Resumo


O vírus da Artrite-encefalite caprina (CAEV) é um Lentivírus de pequenos ruminantes, que causa uma doença crônica e progressiva, caracterizada por encefalomielite, mastite, pneumonia e artrite. O diagnóstico é baseado na detecção de anticorpos contra o vírus através da Imunodifusão em Gel de Agarose (IDGA), técnica sorológica de referência para CAEV, porém de baixa sensibilidade. O objetivo deste trabalho foi produzir um antígeno a partir da cultura de células de membrana sinovial caprina (MSC) infectadas com a CAEV, para ser utilizado em um teste diagnóstico (ELISA indireto). O antígeno foi obtido de culturas de células de MSC infectadas e posterior tratamento com SDS 0,1%. Amostras de soros caprinos (n=343) foram utilizadas para detectar a presença de anticorpos para CAEV pelo teste ELISA indireto e a técnica IDGA. Nessas amostras, o teste ELISA detectou 72 ( 21%) amostras positivas. Entretanto, o teste IDGA detectou 30 (8%) amostras positivas. O ELISA indireto também detectou precocemente uma soroconversão em 5 animais de um total de 13 controlados periodicamente durante 2 anos. A sensibilidade e a especificidade do teste ELISA com relação a IDGA foi de 73,3% e 84% respectivamente. Esse ELISA com o antígeno viral assim produzido mostrou-se efetivo, de baixo custo e sensível para o diagnóstico sorológico de anticorpos para CAEV.

Palavras-chave


Artrite-encefalite caprina – Diagnóstico; ELISA

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/cmbio.v8i2.4059

Direitos autorais

CAPESCAPES-PERIODICOS CNPq BVS FAPESB UFBA ICS PPORGSISTEM

ISSN(impresso): 1677-5090 / ISSN(eletrônico): 2236-5222