A partir do v. 2, n. 1 (2016) da Revista as capas contarão com audiodescrição

Com vistas a implementar os princípios do Desenho Universal na difusão do conhecimento acadêmico as capas da Revista Cadernos de Gênero e Diversidade passarão a contar com a audiodescrição contribuindo na formação de público leitor dentre as pessoas cegas ou com baixa visão.'

A primeira capa a ter audiodescrição será a do volume 2, número 1 da revista. A audiodescrição será feita pelos editores da revista e um vídeo será postado no youtube, em playlist própria, para o devido fim. 

Confira abaixo a primeira capa audiodescrita: