Políticas Editoriais

Políticas de Seção

Artigos

Insira aqui a política desta seção

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

CA- Currículo e avaliação na educação química

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

CT - Abordagem CTS e Ensino de Química

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

EA - Educação Ambiental e Ensino de Química

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

EAP - Ensino e aprendizagem

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

EF - Educação em Espaços não formais e ensino de química

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

EI - Ensino de Química e inclusão

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

FP - Formação de professores de Química

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

HC - História, Filosofia e Sociologia da Ciência no Ensino de Química

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

HQ - História da Química e Filosofia da Química no Ensino de Química

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

LC - Linguagem e Ensino de Química

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

MD - Materiais Didáticos no Ensino de Química

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

PE - Políticas educacionais e Educação Química

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

TIC - Tecnologias da Informação e Comunicação e Ensino de Química

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

EX - Experimentação no Ensino de Química

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

EC - Educação e cultura

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

MOMADIQ - Mostra de Materiais Didáticos de Química

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

 

Arquivamento

Esta revista utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração. Saiba mais...

 

Apresentação

 

Breve histórico do ENEQ

O Encontro Nacional de Ensino de Química (ENEQ) é um evento bianual promovido pela Divisão de Ensino de Química da Sociedade Brasileira de Química (SBQ) e organizado por Instituições de Ensino Superior brasileiras.

Os cinco primeiros Encontros aconteceram concomitantemente com a SBPC e tiveram duração de três dias. O I ENEQ aconteceu em 1982, na Unicamp, abrindo a discussão sobre o conceito de Educação Química, discussão que se estendeu pelos dois Encontros seguintes (USP: 1984; UFPR: 1986) relacionada à formação do cidadão e à pesquisa na área. Em 1988 (USP) o IV ENEQ tratou das abordagens do ensino de química enfocando o cotidiano e o V ENEQ (UFRGS, 1990) realizou um balanço da década passada e uma avaliação perspectiva dos anos vindouros.

A partir da sexta reunião deu-se a emancipação do ENEQ em relação à SBPC e ampliou-se a duração do evento em mais um dia. O VI ENEQ ainda aconteceu em São Paulo (USP: 1992), mas, havendo percorrido o Sul do País, o evento iniciou sua trajetória pelas diversas regiões do território nacional, passando pelo Sudeste (UFMG: 1994), Centro-Oeste (UFMS: 1996; UFG: 2004) e Nordeste (UFS: 1998; UFRPE: 2002), retornando ao Sul (PUCRS: 2000; UFPR: 2008), Sudeste (Unicamp: 2006) e Centro-Oeste (UnB: 2010). (SCHNETZLER, 2008) Desse modo, o ENEQ tornou-se o principal e mais tradicional evento na área da Educação Química do Brasil.

O ENEQ estimulou e tem estimulado a pesquisa em ensino de química em todo o país. Ao longo desses trinta anos a quantidade de participantes dos Encontros cresceu da faixa de aproximadamente 2 (duas) para 17 (dezessete) centenas. Os trabalhos apresentados cresceram exponencialmente: de 43, em 1982, para cerca de 800, em 2010.

Em 2012, portanto, o ENEQ comemorou 30 anos de congregação dos educadores químicos no Brasil. Nesta oportunidade, o ENEQ retornou ao Nordeste, agora na cidade de Salvador, Bahia, cabendo à Universidade Federal da Bahia a incumbência de organizá-lo, juntamente com outras IES baianas.

 

Breve histórico do EDUQUI

Concomitantemente, os pesquisadores das Universidades Federais e Estaduais da Bahia estiveram realizando a 10ª edição do EDUQUI - Encontro de Educação Química da Bahia.

O 1º EDUQUI ocorreu em maio de 1989, na UFBA, em Salvador, com duas centenas de inscritos, um terço dos quais foi constituído por professores de ensino médio, o que possibilitou aos colegas de diversas escolas e universidades trocarem conhecimentos e descobrirem afinidades. O sucesso deste primeiro encontro foi tamanho que o 2º EDUQUI foi realizado cerca de um ano depois (agosto de 1990), no mesmo local. Os 3º e o 4º Encontros ocorreram ainda na UFBA, em Salvador (em 1999 e 2000) - promovido por parceria da Universidade Federal da Bahia com a Universidade do Estado da Bahia (UNEB). O 5º EDUQUI foi realizado na UNEB, em Salvador, em setembro de 2001, em parceria com a UFBA.

Devido à grande participação de pessoas de todo o Estado, decidiu-se pela interiorização do evento e pela periodicidade bienal, de modo que, o 6º EDUQUI aconteceu em setembro de 2003, na Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), no eixo Ilhéus-Itabuna, no Litoral Sul do Estado. O 7º EDUQUI aconteceu em junho de 2005, na Universidade do Sudoeste da Bahia (UESB), em Jequié. O 8º EDUQUI retornou à UNEB, em Salvador, em novembro de 2007 e o 9º EDUQUI aconteceu na UESC, em agosto de 2009. Na oportunidade, decidiu-se que, se o XVI ENEQ viesse a ser realizado em Salvador, o 10º EDUQUI deveria ter a periodicidade alterada para que os eventos coincidissem.

Ao longo desses anos, temos contado com duzentos a trezentos participantes a cada Encontro, propiciando e fortalecendo a interação do Ensino Superior com o Ensino Básico, contribuindo para a formação inicial e continuada de professores de química. Temos, também, contado com a presença de pesquisadores convidados de outros Estados, o que enriquece os debates e estabelece novas interações. (SILVA et al., 2011)

 

O XVI ENEQ/ X EDUQUI

O evento conjunto XVI ENEQ / X EDUQUI aconteceu na UFBA, em Salvador, no período de 17 a 20 de julho de 2012, tendo como tema O ensino de química: consolidação dos avanços e perspectivas futuras.

Os trabalhos do XVI ENEQ / X EDUQUI se iniciaram com uma homenagem à memória do Prof. Roque Moraes, educador químico querido, reconhecido e respeitado por toda a comunidade, que nos faltou no início de 2012. Em seguida, o Prof. Maurivan Güntzel Ramos proferiu a Palestra de Abertura acerca do tema do congresso. Durante os três dias seguintes do evento a comunidade brasileira de educadores químicos participou de 6 Mesas Redondas, 26 Temas de Debate, 41 Minicursos e assistiu a 324 Comunicações Orais de trabalhos completos, 565 Painéis relativos a resumos aprovados (ver Apêndice 1 e Apêndice 2), bem como a 42 trabalhos da 3ª Mostra de Materiais Didáticos de Química - 3ª MOMADIQ. São números que atestam o crescimento do ENEQ e da área de Ensino de Química no País.

Durante o evento, duas atividades mereceram destaque: a Reunião dos Coordenadores de Cursos de Licenciatura em Química e a mesa redonda sobre o PIBID: consolidação dos avanços e perspectivas futuras. Ambas foram muito fecundas, o que levou a elaboração de documentos acerca da formação de professores a serem encaminhados à SBQ e à CAPES.

Também merece destaque a inserção da temática de Filosofia da Química - área emergente no Brasil - que contou com uma mesa-redonda, um mini-curso e trabalhos na forma de comunicação oral.

O XVI ENEQ / X EDUQUI foi organizado por Instituições de Ensino Superior do Estado da Bahia (UFBA, UNEB, UESC, UESB, UEFS, UFRB) e contou com o apoio da Secretaria de Educação do Estado da Bahia, através do Instituto Anísio Teixeira; do Conselho Regional de Química - 7ª Região, bem como de agências financiadoras (FAPESB, CAPES, CNPq), do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia, da Livraria e Distribuidora Multicampi, da Editora da Unijuí e do Pontociência.

Cerca de duas mil pessoas (exatamente: 1952) confirmaram a inscrição, sendo 1214 estudantes de graduação, 543 estudantes de pós-graduação e/ou professores de educação básica e 195 professores de ensino superior. Grande quantidade de bolsistas de Iniciação à Docência esteve presente.

Compareceram educadores de quase todo o Brasil (ver Apêndice 3). Notou-se a ausência de representantes do Amapá, o que sugere a necessidade de uma ação da Divisão de Ensino da SBQ naquele Estado, no sentido de divulgarmos a área atrairmos colegas para a mesma.

A Praça do Campus de Ondina tornou-se um local de encontro e convivência, troca de experiências, estabelecimento de parcerias e novas amizades, enfim, tudo aquilo que um congresso deve proporcionar aos seus participantes.

O XVI ENEQ / X EDUQUI proporcionou maior integração dos grupos que investigam a educação química na Bahia com a comunidade nacional de ensino de química. Estabeleceram-se parcerias para a elaboração de material didático e cursos de formação de professores. Fortaleceram-se os laços entre os praticantes da filosofia da química no Brasil. Como cerca de 18% dos participantes do evento são residentes na Bahia, esperamos seu maior envolvimento com as questões da educação química  no nosso Estado, bem como uma participação maciça no Encontro de Educação Química da Bahia de 2013.

Na assembleia de encerramento, o XVI ENEQ / X EDUQUI foi muito bem avaliado pelos participantes. Foram, também, aprovadas duas moções de repúdio: uma, ao Governo Federal e outra, ao Governo Estadual, pelo modo como têm tratado os professores das IFES e da Educação Básica da Bahia, respectivamente.

Por fim, decidiu-se que o XVII Encontro Nacional de Ensino de Química será realizado em Ouro Preto, pela Universidade Federal de Ouro Preto - UFOP.

 

REFERÊNCIAS

SCHNETZLER, R. P. Educação Química no Brasil: 25 anos de ENEQ - Encontro Nacional de Ensino de Química. In: ROSA, M. I. P.; ROSSI, A. V. (Org.) Educação Química no Brasil: memórias, políticas e tendências. Campinas: Átomo, 2008.

SILVA, J. L. P. B et al. Fazendo a História da Educação Química na Bahia. 34ª R. A. Soc. Bras. Química. Florianópolis, 2011.

 

APÊNDICE 1 - Trabalhos submetidos e aprovados para o XVI ENEQ / X EDUQUI

 

TRABALHOS SUBMETIDOS POR CATEGORIA DE INSCRIÇÃO

Quantidade

Estudantes de graduação

746

Professores de educação básica e/ou estudantes de pós-graduação

331

Professores de ensino superior sócios da SBQ

86

Professores de ensino superior não sócios da SBQ

71

Total de trabalhos submetidos

1234

Total de trabalhos aprovados

889

 

 

APÊNDICE 2 - Trabalhos submetidos ao XVI ENEQ / X EDUQUI por tema específico

TEMAS ESPECÍFICOS

Quantidade

Abordagens CTS e Ensino de Química

35

Currículo e Avaliação na Educação Química

38

Educação Ambiental e Ensino de Química

66

Educação em Espaços Não Formais e Divulgação Científica

35

Ensino de Química e Inclusão

47

Ensino e aprendizagem

354

Experimentação no Ensino de Química

180

Formação de Professores de Química

215

História da Química e Filosofia da Química no Ensino de Química

28

História, Filosofia e Sociologia da Ciência no Ensino de Química

16

Linguagem e Ensino de Química

36

Materiais Didáticos no Ensino de Química

129

Políticas educacionais e Educação Química

3

Tecnologias da Informação e Comunicação e Ensino de Química

52

 

APENDICE 3 - Quantidade de inscritos por Unidade da Federação

UF

Quant.

 

UF

Quant.

 

UF

Quant.

AC

26

 

MG

207

 

RN

47

AL

37

 

MS

8

 

RO

14

AM

18

 

MT

36

 

RR

3

BA

412

 

PA

17

 

RS

60

CE

25

 

PB

85

 

SC

15

DF

27

 

PE

182

 

SE

102

ES

35

 

PI

2

 

SP

109

GO

148

 

PR

73

 

TO

6

MA

59

 

RJ

71

 

Sem UF

128

 

Comissão Organizadora

Abraão Felix da Penha - UNEB

Alcione Torres Ribeiro - UESB

Bárbara Cristina Tavares Moreira -UNEB

Bruno Ferreira dos Santos - UESB

Carlos Correia de Souza - UEFS

Carmen Sílvia da Silva Sá - UNEB

Edilson Fortuna de Moradillo - UFBA

Erivanildo Lopes da Silva - UFS

Elisa Prestes Massena - UESC

Fábio Adriano Santos da Silva - UEFS

Hélio Oliveira Pimentel - UFBA

Isadora Melo Gonzalez - UFBA

Ivete Maria dos Santos - UESC

Jailson Alves dos Santos - UFBA

Joelma Cerqueira Fadigas - UFRB

José Luis de Paula Barros Silva (UFBA) - Coordenador

Lailton Passos Cortes Junior - UFBA

Luciana Passos Sá - UESC

Maria Bernadete de Melo Cunha - UFBA

Nelson Rui Ribas Bejarano - UFBA

Neurivaldo José de Guzzi Filho - UESC

Ródnei Almeida Souza - UNEB

Solange Menêses de Sousa Villa - UNEB

Soraia Freaza Lôbo - UFBA

Tatiana do Amaral Varjão - UNEB

Tereza Simonne Mascarenhas Santos - UEFS

 

 

Comissão Científica

Ademir de Jesus Silva Júnior - UESB
 
Adriana Vitorino Rossi - UNICAMP
 
Agnaldo Arroio - USP
 
Alessandro Silva de Oliveira - IFG - Campus Anápolis
 
Alfredo Luis Martins Lameirão Mateus - UFMG
 
Ana Cláudia Kasseboehmer - USP
 
Ana Luiza de Quadros - UFMG
 
Analice de Almeida Lima - UFRPE
 
Andréa Horta Machado - UFMG
 
Anelise Grünfeld de Luca - UNIDAVI - SC
 
Anelise Maria Regiani - UFAC
 
Anna Maria Canavarro Benite - UFG
 
Bruno Ferreira dos Santos - UESB
 
Carlos Alberto Marques - UFSC
 
Carmen Fernandez - USP
 
Carmen Silvia da Silva Sá - UNEB
 
Cesar Valmor Machado Lopes - UFRGS
 
Claudio Roberto Benite - UnUCET/UEG
 
Cristhiane Cunha Flor - UFV
 
Dayse de Brito Rezende - USP
 
Denise da Silva - IFET Farroupilha
 
Djalma Andrade - UFS
 
Dulcimeire Aparecida Volante Zanon - UNESP
 
Edênia Maria Ribeiro do Amaral - UFRPE
 
Edilson Moradillo - UFBA
 
Edson José Wartha - UFS
 
Eduardo Luiz Dias Cavalcanti - UFBA
 
Elisa Prestes Massena - UESC
 
Eluzir Pedrazzi Chacon - UFF
 
Erivanildo Lopes - UFS
 
Fábio Peres Gonçalves - UFSC
 
Flávia Maria Teixeira dos Santos - UFRGS
 
Francele de Abreu Carlan - UFSM
 
Gerson de Souza Mol (UnB) - UnB
 
Irene Cristina de Mello – UFMT
 
Isadora Melo Gonzalez (UFBA)
 
Ivete Maria dos Santos - UESC
 
Jackson Gois Silva - UFPR
 
Jailson Alves - UFBA
 
Jerino Queiroz Ferreira - UFPI
 
Joanez Aparecida Aires - UFPR
 
João Paulo Mendonça Lima - UFS
 
Joice de Aguiar Baptista - UnB
 
José Luis de Paula Barros Silva - UFBA
 
Juliana Rezende Torres - UFSC
 
Lailton Passos - UFBA
 
Lenir Basso Zanon - UNIJUI
 
Leonardo Maciel Moreira - UFRJ
 
Luciana Nobre de Abreu Ferreira - UFPI
 
Luciana Passos Sá - UESC – Coordenadora
 
Lucidéa Guimarães Rebello Coutinho - UFF
 
Luiz Henrique Ferreira - UFSCar
 
Marcelo Brito Carneiro Leão - UFRPE
 
Marcelo Giordan - USP
 
Marcelo Leandro Eichler - UFSC
 
Marcia Borin da Cunha - UNIOESTE
 
Marcia Gorette Lima da Silva - UFRN
 
Márcia Narciso Borges - UFF
 
Marcus Antônio Pinto Ribeiro - UESB
 
Marcus Eduardo Maciel Ribeiro - PUC - RS
 
Maria Celina Piazza Recena - UFMS
 
Maria do Carmo Galiazzi - FURG
 
Maria Eunice Ribeiro Marcondes - USP
 
Maria Helena Roxo Beltran - PUC - SP
 
Maria Inês Petrucci Rosa - UNICAMP
 
Maria Marcia Murta - UnB
 
Márlon Herbert Flora Barbosa Soares - UFG
 
Martha Bohrer Adaime - UFSM
 
Martín Labarca - U. N. de Quilmes - ARG.
 
Maurício dos Santos Matos - USP
 
Nadja Paraense dos Santos - UFRJ
 
Nelson Rui Ribas Bejarano - UFBA – Coordenador
 
Neurivaldo José de Guzzi Filho - UESC
 
Nidia Franca Roque - UFBA
 
Noé de Oliveira - UEMS
 
Nyuara Araújo da Silva Mesquita - UFG
 
Orliney Maciel Guimarães - UFPR
 
Patrícia Fernandes Lootens Machado - UnB
 
Pedro da Cunha Pinto Neto - UNICAMP
 
Per Christian Braathen - UNIVIÇOSA
 
Rejane Maria Ghisolfi Silva - UFSC
 
Renata Hernandez Lindermann - UNIPAMPA
 
Ricardo Gauche - UnB
 
Roberto Ribeiro da Silva - UnB
 
Ródnei Almeida Souza - UNEB
 
Ronei Clécio Mocellin - UFPR
 
Roseli Pacheco Schnetzler - UNIMEP
 
Rubia Mara Siqueira da Silva - IFET Farroupilha
 
Salete Linhares Queiroz - USP
 
Sandra Regina Longhin - PUC - GO
 
Sinara München - UFSM
 
Soraia Freaza Lôbo - UFBA
 
Suely Alves Silva - UFRPE
 
Wildson Luiz P. dos Santos - UnB
 
Wilmo Ernesto Francisco Junior - UNIR