“Quem tem... barriga tem medo”: imagens de capoeiras na imprensa ilustrada da corte

Marcelo Balaban

Resumo


A capoeira foi uma atividade que assombrou mentes e corações de pessoas de boa condição social no Rio de Janeiro ao longo do século XIX. Seus praticantes, da mesma forma, causaram sérios problemas e impuseram todo tipo de dilema para as autoridades imperiais. Este artigo analisa imagens de capoeiras publicadas na imprensa ilustrada da corte na década final da escravidão no Brasil. Defende o argumento de serem tais imagens uma preciosa fonte para estudar tanto os pontos de vistas dos autores das caricaturas, como os dos personagens – em particular negros, pardos, mulatos de condições variadas − das estampas publicadas naqueles semanários. Presta especial atenção a uma repetição: os capoeiras, supostamente, atacavam as barrigas dos burgueses. Ao tentar explicar essa repetição, e a escolha desse peculiar alvo, investiga algumas das tensões sociorraciais que estiveram no centro dos debates e embates políticos que marcaram, e integraram, o processo que culminou com a abolição da escravidão no Brasil. 


Palavras-chave


imprensa Ilustrada – capoeira; raça – Rio de Janeiro – Século XIX.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9771/aa.v0i51.17660

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


    Afro-Ásia. Salvador, Bahia, Brasil 0002-0591/1981-1411